Poemas

(o meu primeiro poema, escrevi no C.A. – classe de alfabetização. Fiz para o meu pai. Esse fato ficou marcado, mas só hoje descobri que já se tratava de poesia. Era festa de Dia dos Pais no colégio. Nós fizemos um mural com escritos. A pergunta era: por que gosta do seu pai? Os pais, emocionados, encontravam naquelas letras de crianças suas respostas. Gosto do meu pai porque ele é legal, gosto do meu pai porque ele é bonito, gosto do meu pai porque ele é feliz… E meu pai encontrou a sua resposta:

Gosto de meu pai porque ele me dá bala.

Só agora percebi o que eu queria dizer quando era pequena com as poucas palavras que tinha. Aquele foi o meu jeito de dizer que meu pai adoça a minha vida.)

(Gosto do meu pai porque ele me dá bala foi minha primeira metáfora!)

veja mais metáforas em páginas adiante…

Anúncios

2 comentários sobre “Poemas

  1. nada que gere ofende.que gira pare . nada se deve teme .se senti sempre . se não se acabe…tempo era a aparencia era a letra branca era chicara de café.

  2. Há dias conheci uma mulher
    Há dias me disseram aproveite seus dias
    E um dia desses comecei a pensar
    Mariana Dias como parar de te adimirar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s