escolho palavras da Kuri

O MELHOR

A você, que não me ouve mais

porque minha voz sumiu na distância,

que já não me quer mais

porque fui muito sincera,

e que também já não me vê

porque me afasto cada vez mais,

desejo o melhor do mundo

e o melhor da vida.

Desejo-lhe esperanças sempre renovadas

e muita força para enfrentar seu caminho.

A você, que agora

só faz parte do meu pequeno passado,

peço que se esqueça da minha face fria

e que só se lembre do meu coração ardente,

esse coração de criança ansiosa

por descobrir os mistérios do futuro.

A você, o melhor de mim:

a minha lembrança.

                        Depois de algum tempo sem aparecer por aqui, e buscando o que dizer, escolhi palavras da Kuri. Kuri é poeta e minha prima. Maria Beatriz F. de Sousa (Kuri) teve seus primeiros poemas publicados em livro, “Lugar Nenhum”, em 1968. E o texto que a apresenta é de Vinícius de Moraes. Vinícius a chama de “Menina-Poeta”, e é lindo o que diz sobre ela. Deve ser assim algo de rosas ser inaugurada na vida por Vinícius. Minha prima me contou de sua experiência com ele que lia dia-a-dia os seus poemas e comentava. Ela, a Kuri, tem feito o mesmo com minhas poesias. Me ensinando bastante sobre a escrita. Leu meus poemas com carinho e sugeriu mudanças pontuais. Eu aceito. Hoje, escolho esse poema dela, “O Melhor”, para prestar minha homenagem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s